7 alimentos para se comer de manhã

558 VISUALIZAÇÕES DEIXE UM COMENTÁRIO

alimentos-caf

Olá pessoal!

Apesar de muitos acreditarem que para se manter um peso saudável é imprescindível tomar café da manhã, isso não é necessário para todos. Não há regras, mas uma coisa é fato: começar o dia com uma refeição nutritiva, completa e gostosa é bom demais, além de te ajudar a comer menos ao longo do dia (o que também não é uma regra, mas acontece com a maioria das pessoas).

Aqui estão 7 excelentes opções de alimentos para você comer na parte da manhã (e não, não precisa ser logo ao acordar!).

1) OVOS

Saudáveis, nutritivos, deliciosos e versáteis. Quantas coisas não fazemos com os ovos, hein? Alguns estudos têm demonstrado que comer ovos no café aumenta a sensação de saciedade, reduz as calorias consumidas na próxima refeição e ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue bem equilibrados. Esse fato faz com que o corpo armazene menos gordura e de quebra você mantém seu humor e energia lá em cima (assim você não vai se irritar com facilidade nem no trânsito, nem com o chefe, com o professor, com ninguém… Ficará numa boa!).

Os ovos também vão te ajudar a prevenir doenças nos olhos, como catarata e degeneração macular, graças as substâncias antioxidantes encontradas nesse alimento. E como é bom enxergar, né? Todos os dias eu agradeço a Deus por abrir a janela e ver o céu… Agradeça por estar lendo esse texto com seus olhos saudáveis e cuide bem deles!

Já sei o que você está pensando: mas e o colesterol?

Não se preocupe! Há tempos que estudos demonstram que o colesterol encontrado nos ovos não é o responsável por doenças.. E mais: ao melhorar a sensibilidade a insulina e manter os níveis de açúcar no sangue mais estáveis, os ovos ajudam na prevenção de várias delas, inclusive as cardiovasculares.

2) IOGURTE GREGO

Se você puder optar por um iogurte, os gregos (hoje já disponíveis no mercado em diversos sabores) são boas opções.

Nesse tipo de iogurte as proteínas são mais concentradas, e esse nutriente (proteína) proporciona saciedade. Isso sem falar em seu efeito termogênico, maior que dos carboidratos e gorduras. Ou seja, pessoal, as proteínas podem ajudar no processo de emagrecimento de várias maneiras: reduzindo o apetite e aumentando o gasto calórico do seu corpo no seu processo de digestão.

Iogurtes e outros produtos lácteos também ajudam no controle de peso por aumentarem a produção de hormônios envolvidos no controle da fome e saciedade, como o PYY e o GLP-1.

Os iogurtes integrais, ricos em gordura, são fontes de CLA (ácido linoleico conjugado), que pode aumentar a perda de gordura corporal e reduzir o risco de câncer de mama. Porém, mais estudos são necessários para que haja confirmação desses fatos.

3) CAFÉ

Se você (como eu) não abre mão de uma xícara de café, a parte da manhã é um momento excelente para se apreciar a bebida.

Com alto teor de cafeína, o café nos deixa bem humorados, mais alertas e ajuda no desempenho mental. E olha só, você não precisa de MUITO café para obter esses efeitos: de 3 a 4 xícaras pequenas ao dia são suficientes.

O café ajuda na queima de gordura corporal por aumentar seu gasto calórico e pela quantidade de substâncias anti-inflamatórias que possui. Estudos têm demonstrado o efeito dessa substância na prevenção de doenças, como diabetes tipo 2 e doenças hepáticas e cardiovasculares.

4) AVEIA

Eu s0u suspeita para falar dela, já que sou MUITO fã de aveia. Esse alimento contém um tipo de fibra que se chama beta-glucana. Esta fibra oferece muitos benefícios a sua saúde, e entre eles está o fato de ajudar na redução do colesterol. A beta-glucana, por ser uma fibra viscosa, também promove sensação de saciedade. Um estudo recente demostrou que os níveis aumentados de beta-glucana na alimentação estimula a produção do PYY, mais conhecido como “hormônio da saciedade”, o que pode ajudar (e muito!) no processo de emagrecimento e regulação do peso corporal. INCRÍVEL!

A aveia é rica em substâncias antioxidantes que protegem seus ácidos graxos da oxidação. Isso quer dizer que você aproveita melhor a gordura BOA que esse alimento contém, o que é excelente para sua saúde em geral. Ao preservar essas substâncias, a aveia ajuda a proteger a saúde do seu coração e contribui para a redução da pressão arterial.

Embora a aveia NÃO CONTENHA GLÚTEN naturalmente, muitas vezes são processadas nas mesmas instalações que outros grãos que contém esse componente. Os pesquisadores descobriram que a maioria das aveias são, de fato, contaminadas por outros grãos ricos em glúten, principalmente da cevada. Portanto, pessoas com doença celíaca ou sensibilidade ao glúten não-celíaca devem escolher uma aveia isenta desse componente (já disponíveis no mercado).

5) QUEIJO COTTAGE

Eu sei, muita gente ainda torce o nariz para o queijo cottage, mas se eu fosse você lhe daria pelo menos uma chance. Vai muito de paladar , uns amam, outros odeiam (eu, particularmente, amo e não vivo sem meu “cottaginho” – como o chamo carinhosamente – pela manhã). O queijo cottage é um alimento fantástico: rico em proteínas, ele aumenta o gasto calórico do seu corpo e ainda proporciona saciedade. Na verdade, pesquisas têm demonstrado que esse tipo de queijo pode te deixar tão satisfeito (a) quanto os ovos. Ele também possui o CLA (ácido linoleico conjugado), que ajuda a reduzir a quantidade de gordura do corpo.

Para você ter ideia, uma xícara de chá do queijo cottage fornece cerca de 20 gramas de proteínas. Se adicionar sementes de chia ou farinha de linhaça, melhor ainda…Ele ficará ainda mais nutritivo!

6) FRUTAS VERMELHAS

E olha só que bom acompanhamento para seu iogurte grego: frutas vermelhas! Vale morangos, framboesas, amoras. Essas frutinhas deliciosas e lindas de se ver possuem baixo teor de frutose, o açúcar natural da fruta, e são ricas em fibras (muito ricas, principalmente framboesas e amoras). O que dá essa cor maravilhosa a essas frutas são as antocianinas, substâncias antioxidantes que protegem seu coração de doenças e seu corpo do envelhecimento precoce. Outro alimento MUITO RICO nessa substância são as uvas roxas!

Muitos estudos demonstram que as antocianinas são capazes de reduzir a inflamação e prevenir que o colesterol no sangue seja oxidado. Dessa forma, mantêm as células que revestem os vasos sanguíneos saudáveis.

7) FARINHA DE LINHAÇA

A farinha proveniente das sementes de linhaça é muito nutritiva e incrivelmente saudável. As sementes são ricas em fibras viscosas que fazem você se sentir completo (a) por várias horas depois de comer. A linhaça é um alimento que ajuda a melhorar a sensibilidade a insulina e assim, reduzir os níveis de açúcar no sangue, além de proteger contra o câncer de mama. Uma colher de sopa da semente de linhaça moída (farinha) contém MUITAS proteínas e fibras.

Apenas certifique-se de escolher a semente de linhaça moída ou triture-as em casa. A semente de linhaça inteira pode não ser absorvida pelo intestino e vai simplesmente passar reto pelo seu corpo, sem nenhum benefício.

É isso, pessoal!

Espero que essa matéria tenha te ajudado. E lembre-se: o seu corpo, seu organismo é o meio que você tem de realizar coisas aqui na Terra. Para realizar seus objetivos, suas tarefas e viver bem, você PRECISA de um corpo saudável. E não confunda as coisas: eu não disse que você precisa de um corpo magro e de uma barriga chapada. Eu estou dizendo que você precisa de SAÚDE! Não se acostume com dores e mal-estar (isso não é normal!)… Dê a sua alimentação a atenção que merece, porque é um dos pilares mais importantes para que TODAS as coisas em sua vida fluam melhor. Confie em mim!

Com amor e saúde,

Giovana Morbi

Fonte: Blog Giovana Morbi

AUTOR (A)

Danilo Guimarães

Servidor público federal, pós graduado em Gestão Pública, 24 anos, membro da Comunidade Cristã Evangélica em Petrolina, fundador do Servos de Jesus e buscando ser um verdadeiro louco pelo o Senhor Jesus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>