Balança: aliada ou adversária?!

748 VISUALIZAÇÕES DEIXE UM COMENTÁRIO

imagem alimentacao

Olá, mulheres e moças virtuosas! Como vocês estão? Particularmente, nós ficamos muito felizes pela interação de cada uma de vocês no nosso primeiro post aqui da coluna “mulher virtuosa”! Mas hoje vamos falar de outro assunto muito interessante e que está em alta: Alimentação.

“Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus” 1 Co 6:20

Quantas de nós não vivemos nesse conflito de engordar, emagrecer, fazer exercícios físicos, efeito sanfona, aff… Quantas de nós já desejaram um corpo escultural? Ainda mais nos dias em que vivemos, onde as redes sociais estão repletas de pessoas “fitness” e que demonstram tanta determinação na busca de um corpo saudável. Porém, muitas vezes nos sentimos longe da alimentação e do corpo que desejamos. E isso traz sobre nós um enorme sentimento de culpa e fracasso.

Gostaria de compartilhar da minha vida com vocês (Manú). No início desse ano eu estava bem acima do meu peso (o interessante é que a gente só percebe isso na hora de vestir aquela roupa que caía tão bem, aquela que a gente ama de paixão e que agora não entra mais!) Rsrs… Eu me sentia muito mal por estar assim, pois todo mundo já estava comentando. Sentia-me mal por perceber que eu não estava conseguindo ter controle sobre mim mesma! Então, comecei a ler o livro “Coma e fique em forma”, da Joyce Meyer e Deus falou profundamente ao meu coração. Então, passei a ver com outros olhos o versículo que está em Gálatas 5: 1

“Foi para a liberdade que Cristo nos libertou” 

Comecei a perceber que eu não estava vivendo essa liberdade em sua plenitude, já que eu passava o dia pensando no que ia comer, se ia conseguir ter controle sobre minha alimentação naquele dia ou sentindo remorso profundo pelas escolhas que eu havia feito naquele dia. Orando todos os dias para que o meu Doce amigo Espírito Santo me ajudasse a vencer a cada dia, consegui eliminar aproximadamente 5 kg! Eba! O que eu estou querendo dizer com tudo isso é que se você está escrava da sua mente, da sua alimentação, da balança… Sinto informar que você não está vivendo a liberdade para a qual Deus te chamou.

Para vivermos essa liberdade precisamos desenvolver domínio próprio e equilíbrio, pois na maioria das vezes o exagero por um corpo perfeito pode nos levar à idolatria e à vaidade. Também não fique se comparando com outras pessoas, pois essa prática pode desenvolver em você sentimentos de inferioridade, rejeição e inveja. Nunca esqueça que Deus fez você única!

Por isso, nós queremos te convidar para que juntas possamos tentar trilhar o caminho de uma alimentação e vida mais saudável (ajuda-nos Senhor! Rsrs…). Pois, fazer atividade física é bom, traz qualidade de vida, melhora o humor e todas nós deveríamos fazer para cuidarmos melhor da nossa alimentação e, consequentemente, da nossa saúde. Lembra-se do que falamos no post anterior, que o nosso corpo é uma morada especial? Somos morada do Espírito Santo.

Lembrando sempre que, mesmo na academia, devemos cuidar da forma como nos apresentamos, das roupas que vestimos. Não estamos dizendo que é pecado frequentar uma academia ou fazer algum tipo de exercício físico, mas podemos cuidar do nosso corpo sem esquecer dos nossos princípios cristãos. Analisando sempre qual a roupa ideal para cada atividade do nosso dia. Que Deus nos fortaleça! Obrigada pela sua companhia e até a próxima!

Autoras: Idaianny Alexandre e Pra. Manoelly Morais (Manú)

AUTOR (A)

Idaianny Alexandre

Consultora Independente de Beleza, Cabeleireira, Professora de Ballet, 26 anos, Membro da Comunidade Cristã Evangélica e Apaixonada por Jesus Cristo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>