LOUVANDO AO REI: APRENDENDO COM O REI

1163 VISUALIZAÇÕES DEIXE UM COMENTÁRIO

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” 

Mateus 11:28-30

 

Sempre temos algo a aprender na vida, e a todo instante Deus tem algo novo a nos ensinar. Normalmente ouvimos falar dessa passagem de Mateus. É maravilhoso saber que nosso Deus fez um convite a todos os cansados, oprimidos, jesus1-600x503Ele tem alivio a todos, mas precisamos notar que há algo mais além do alívio, e está no verso 29, quando Jesus nos oferece o Seu jugo, Ele  nos diz: “…e aprendei de mim…” 

O Jugo que se trata nesse texto não é o verbo, não é uma ação, mas se trata de um artefato conhecido como canga, junta de bois, que é colocado na cabeça dos bois e que os atrela a uma carroça. Toda vez que pecamos é isso que acontece em nossas vidas. O pecado nos prende, aprisiona e oprime, e quando vamos para Jesus, Ele nos aceita como estamos, restaura-nos e ensina o Caminho certo.

E muitas vezes olhamos a nossa volta e vemos pessoas presas ao jugo, e ao invés de agirmos como Jesus agiu conosco, ao invés de tratarmos as pessoas como fomos tratados pelo Senhor, recebemos elas com Julgamentos, condenações, oprimindo-as ainda mais. Sabe como eu identifico isso? Como Falta de graça, e isso não acontece porque fomos criados assim, porque a ordem de Jesus foi para tomarmos o jugo d’Ele que é suave, mas quando se trata dos outros queremos que “aprendam a lição” que “que vejam o que é bom para a tosse” ou as vezes nem é assim que pensamos, mas talvez seja “eu te avisei”. Quando se trata de Deus, a maior preocupação que Ele tem é que troquemos nossa culpa pelo perdão que Ele mesmo nos oferece.

Jesus nos recebeu com a Sua graça, graça é o favor imerecido. Ele nos recebeu da maneira que não merecemos. Somos tratados por Ele como não merecemos ser tratados. E quando temos oportunidade de mostrar as pessoas isso, Fardoacabamos fazendo o contrário, recebendo as pessoas com reservas, preocupados com nosso próprio interesse, esperando algo em troca e o que é pior, em muitas vezes com julgamentos e condenações. Pessoas feridas, cansadas e oprimidas precisam conhecer o peso do amor, da misericórdia e da graça de Deus e não a condenação, porque isso elas recebem de quem está no mundo.

A perfeita graça de Deus nos aceitou como somos, sendo nós pecadores, miseráveis e não esperando nada em troca porque Ele é dono de tudo. Precisamos diariamente aprender com o Senhor, porque somos imperfeitos e ainda assim Ele nos amou e ama até hoje. Vamos fazer o que Jesus faria, vamos falar o que Ele falaria e amar aqueles que Ele ama. Tratar as pessoas como queremos ser tratados, fazendo isso demonstramos gratidão, amor a Ele e também que somos bons alunos.

 

Fonte: http://www.dicionarioinformal.com.br/jugo/

AUTOR (A)

Cleberson Marlos

Seminarista de Louvor e Adoração na Escola Adore e Proclame, Graduado em Ciências Contábeis, 27 anos, membro da Igreja Ministério Palavra Viva em Rondonópolis-MT, Colunista do Louvando ao Rei de Servos de Jesus, adorador e apaixonado por Jesus Cristo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>