LOUVANDO AO REI: SALMOS 126 (EU TE LOUVAREI)

1600 VISUALIZAÇÕES DEIXE UM COMENTÁRIO

Olá, tudo bem? Estamos de volta para compartilharmos as BOAS NOVAS!

 


Quando o SENHOR trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham.
Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o Senhor a estes.
Grandes coisas fez o Senhor por nós, pelas quais estamos alegres.
Traze-nos outra vez, ó Senhor, do cativeiro, como as correntes das águas no sul.
Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria.
Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos.
Salmos 126


 

Este Salmos relata a gratidão do povo de Israel, comemorando sua liberdade. Depois que alcançaram a terra prometida, aquela geração, permaneceu fiel até o fim, assim foi com a próxima geração e na terceira geração tudo muda, quando o povo começou a adorar seus ídolos. E por causa disso sofreram as consequências, o Senhor permitiu que fossem invadidos, saqueados destruídos e levados cativos. eles receberam uma promessa de um novo exílio. Então, foram libertos após setenta anos. Eles não poderiam imaginar que isso fosse acontecer, isso os deixou tão alegres que mal podiam acreditar que estava acontecendo e a expressão estávamos como os que sonham, mostra que realmente isso os deixou sem palavras, mas os trouxe alegria e se encheram de cânticos. Nem todos devem ter retornado, pois, é bem claro quando ele cita “…os que voltaram a sião.”, mas, ao retornarem, aquelas nações que odiavam Israel os viram retornar, e reconheciam as obras do Senhor em favor de Seu povo, Israel também reconheceu isso.

Quando o povo de Israel retorna ao seu lar, se deparam com ruínas, por que foram invadidos, saqueados, destruídos. Era importante que ao retornarem, trabalhassem para se reestruturarem, mas, isso não adiantaria de nada se o Senhor não os abençoasse com chuva. O Verso 4 na nova tradução linguagem de Hoje (NTLH) retrata bem claro isso:Ó Senhor, faze com que prosperemos de novo, assim como a chuva enche de novo o leito seco dos rios.

Eles sabiam que precisavam estar além da fé, que teriam que agir, e sabiam que com a benção de Deus, sairiam plantando em lágrimas, em outras palavras podemos dizer em sofrimento também, pois fisicamente a reconstrução iria exigir um esforço físico muito grande deles, mas que para ter uma colheita assim precisariam agir, precisariam passar pela parte dura em esforçar-se.tumblr_static_wallpaper-guitarra-louvor_1366x768

Ainda estamos no começo do ano, se olharmos para trás também notaremos as obras de Deus nas nossas vidas, tenho certeza de que em 2015, você assim como eu, passou por momentos em que não acreditávamos ter conquistado algo, vencido alguma dificuldade, sobrevivido algum momento difícil, enfim que você tire um tempo para refletir sobre aquilo que o Senhor tem feito, e nesse novo ano você olhe para Ele, lembrando que não está só, e, que até aqui o Senhor nos têm te ajudado e por isso devemos nos alegrar, e isso nos dará ânimo para caminhar.

Precisamos olhar para a frente, e lembrar que a fé sem obras é morta, e que para novas conquistas vamos ter que passar pelo momento de preparar a terra, plantar a semente, rega-la, para que no fim com a benção de Deus, venhamos sentar numa roda de amigos, e relembrar cada nova conquista realizada durante o ano de 2016,e cantar o canto de liberdade, rir e chorar de emoção.

Ainda te desejo um feliz 2016 e lembre-se, Jesus te ama!

 

 

AUTOR (A)

Cleberson Marlos

Seminarista de Louvor e Adoração na Escola Adore e Proclame, Graduado em Ciências Contábeis, 27 anos, membro da Igreja Ministério Palavra Viva em Rondonópolis-MT, Colunista do Louvando ao Rei de Servos de Jesus, adorador e apaixonado por Jesus Cristo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>