Servo de Jesus: Teófilo Hayashi

3107 VISUALIZAÇÕES DEIXE UM COMENTÁRIO

teoEm 2000, Téo iniciou o seu ministério como missionário da JOCUM (Jovens Com Uma Missão). Depois de ter servido no campo missionário na Ásia, passou 5 anos trabalhando com Kingsley Fletcher Ministries nos EUA e regressou ao Brasil em 2008 para servir como um dos pastores da Comunidade Monte Sião. Em abril do mesmo ano, fundou o Movimento Dunamis, o qual atualmente lidera. Além de seu envolvimento com o Dunamis e com seu ministério pastoral, também possui um ministério itinerante onde tem viajado pelo Brasil e por mais de 20 nações como preletor e avivalista, espalhando o fogo do Espírito Santo em congressos, conferências e eventos.
É formado em psicologia pela Liberty University (EUA) e com um mestrado de estudos interculturais em andamento pela Southwestern Christian University (EUA). Tem servido como palestrante as universidades e empresas com suas palestras motivacionais.
A sua paixão é ver surgir uma geração de avivalistas que irão fazer de seu avivamento pessoal, uma transformação social e literalmente fazer o Reino de Deus invadir a Terra. Téo mora em São Paulo e em seu tempo livre ele gosta de jogar futebol com os amigos, correr no parque, e também na à praia.
Em entrevista ao Gospel Prime o pastor Teófilo Hayashi comenta sobre o ministério Dunamis e da forma como ele consegue administrar estes trabalhos e também pastorear a igreja Monte Sião. O Dunamis surgiu em 2008 com o propósito de trabalhar com jovens universitários cristãos, fazendo com que eles consigam colocar em ação as palavras que são ministradas em suas igrejas.
O projeto é interdenominacional e hoje conta com 30 pequenos grupos de universitários em diversas universidades do Brasil. Com reuniões semanais estes jovens se reúnem para testemunhar a transformação de vidas.
“A igreja atual está enfrentando uma crise de ativismo e espírito de orfandade – as pessoas saem por aí fazendo curas e milagres em nome de Deus, porém não conhecem esse Deus como pai”, disse o pastor.
É ele quem também coordena a Conferência Dunamis que reuniu milhares de pessoas em São Paulo, mas apesar de conseguir juntar tantos fiéis a ideia do pastor Hayashi não é montar um ministério.

“Eu sou fiel a visão de Deus e não a métodos, ou seja, sigo a essência do que Deus quer. O Dunamis não se tornará igreja, pois se fosse para ser já teria virado algum tempo atrás. Sou pastor da minha igreja local, a Monte Sião, e não pretendo sair de lá e institucionalizar o Dunamis”.

AUTOR (A)

Kelve Silva

23 Anos, Alagoano, membro da Igreja Batista Vida de São Miguel dos Campos- AL, Seminarista do curso de Missões com ênfase em Ministério Pastoral na Escola Adore & Proclame (EAP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>