Servo de Jesus: Vin Baker

1198 VISUALIZAÇÕES DEIXE UM COMENTÁRIO

vin-baker

Vincent Lamont “Vin” Baker (nascido em 23 de novembro de 1971) é um ex-jogador de basquete profissional americano que jogou na National Basketball Association (NBA). Ele apareceu em quatro jogos consecutivos All-Star antes de sua carreira foi danificado devido ao alcoolismo.
Depois de uma carreira universitária na Universidade de Hartford, não muito longe de onde ele cresceu em Old Saybrook, Baker foi selecionado pelo Milwaukee Bucks com a oitava escolha do 1993 NBA Draft. Depois de quatro temporadas com o Bucks, ele foi negociado com o Seattle SuperSonics após a temporada 1996-97 da NBA em um contrato de três equipe que enviou Tyrone Hill e Terrell Brandon para o Bucks, e Shawn Kemp e Sherman Douglas para o Cleveland Cavaliers. Depois de quatro anos em Seattle, Baker foi negociado para o Boston Celtics com Shammond Williams para Kenny Anderson, Vitaly Potapenko e José Forte.
Após 13 anos como jogador profissional, lembra que, quando se aposentou, em 2006, tinha mais de 100 milhões de dólares na conta. Mas o alcoolismo além de lhe custar sua carreira na NBA, destruiu sua vida e o levou à falência. Ele fez uma série de investimentos ruins e foi trapaceado por seu contador.
Aos 43 anos, ele está começando literalmente a vida de novo. Porém, está feliz. Afirma que descobriu o seu verdadeiro eu, e um novo significado para a vida.

“É gratificante. Acredite ou não, mais gratificante do que fazer um jogo com o time das estrelas”, afirmou. “Estou feliz e sinto-me abençoado, por estar nesta posição, com uma mente clara, a compreensão clara de onde eu vim, de tudo o que eu passei, para poder compartilhar tudo isso”.

20150154b6c16abd2c4

Baker já foi multimilionário, participou do time das estrelas da NBA e ganhou uma medalha de ouro na Olimpíada de Sydney em 2000. Hoje em dia é gerente de uma filial da rede de cafeterias Starbucks.
Nos finais de semana, exerce o ministério como pastor de jovens na igreja liderada por seu pai. Também dá palestras e aconselha jogadores mais jovens sobre o risco de se enganar com o sucesso. Os últimos anos de carreira ele vivia embriagado, isso prejudicou sua performance nas quadras. Também enfrentou pesadas críticas, que o levaram a ficar em profunda depressão.
“Quando cheguei ao fundo do poço, estava desesperado para encontrar respostas. Foi nesse momento que voltei para Jesus. Um monte de gente, quando chega ao fundo, não procuram mais respostas. Eu continuei a procurar e as encontrei”, lembra.
Recentemente esteve na pré-temporada do Bucks, time onde começou na NBA. Ele compartilhou um pouco da sua história, sobre a fama e a fortuna. Também contou como Jesus mudou a sua vida.
Em 2008, já falido, precisou vender sua mansão. Hoje vive numa casa igual a tantas outras na pequena cidade de Groton, Connecticut. Além de seus prêmios como jogador, tem na parede um diploma de teologia pelo Union Theological Seminary, de Nova York. Casado, com quatro filhos para criar, Baker relata que foi criado na igreja, mas logo que começou a ganhar dinheiro se esqueceu do que havia aprendido a vida toda. Somente quando perdeu tudo o que tinha, lembrou que Deus sempre oferece uma segunda chance.
Do púlpito que ocupa alguns domingos, ele afirma:
“Quando você está protegido pela armadura de Deus, não importa quanto dinheiro você teve ou quantas medalhas de ouro ganhou nos Jogos Olímpicos. Quando você tem milhões é fácil esquecer-se de Deus. Eu sou culpado. Esqueci-me de frequentar a igreja por anos. Mas Ele me trouxe de volta sob sua proteção.”

Histórico:
1993–1997 Milwaukee Bucks
1997–2002 Seattle SuperSonics
2002–2004 Boston Celtics
2004–2005 New York Knicks
2005 Houston Rockets
2006 Los Angeles

AUTOR (A)

Kelve Silva

23 Anos, Alagoano, membro da Igreja Batista Vida de São Miguel dos Campos- AL, Seminarista do curso de Missões com ênfase em Ministério Pastoral na Escola Adore & Proclame (EAP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>